Marketing Político e Inbound Marketing: Como eles se relacionam?

Marketing político: saiba o que é e conheça as melhores práticas
julho 29, 2015
Gestão Política: A Importância de Ser um Político bem Conectado com a População
agosto 12, 2015

O nosso país tem passado por momentos de transformações políticas. Os escândalos de corrupção abalaram ainda mais a credibilidade dos “representantes do povo”, gerando uma sensação intensa de descrença e desconfiança. Frente a este cenário, construir uma imagem sólida e com credibilidade é um verdadeiro desafio. No entanto, um forte aliado vem ganhando força para ajudar a reverter esta situação: o inbound marketing. Você conhece? Sabe como ele se relaciona com o marketing político? O post de hoje vai falar sobre como você pode utilizar as estratégias de inbound marketing para construir sua imagem, fidelizar e conseguir novos eleitores. Vamos ver como funciona?

O que é Inbound Marketing

O inbound marketing é um método que busca ganhar o interesse das pessoas através de estratégias de marketing digital como produção de conteúdo, divulgação em redes sociais, melhorias na estrutura do site e investimentos no Google Adwords, em alguns casos.

Com isso, atrair os visitantes interessados no seu conteúdo para o site passa a ser o foco principal, e não mais a repetição cansativa de anúncios para chamar a atenção. Desta forma, o custo de investimento em mídia tende a cair, e o retorno sobre o investimento (ROI) aumentar, uma vez que atrai um público muito mais interessado.

Como o inbound marketing pode auxiliar o marketing político

A estratégia de inbound marketing baseia-se no funil de vendas do marketing digital, que caracteriza o usuário em três etapas:

  • Visitantes (todas as pessoas que acessam o site);
  • Leads (visitantes cadastrados na base de dados);
  • Clientes (no caso do marketing político, eleitores).

Cada etapa representa um estágio de relacionamento que o eleitor se encontra. Na primeira parte do funil, o candidato trabalha para atrair visitantes para o site, o que costuma ser feito através de produção de conteúdo e promoção dele nas redes sociais.

O conteúdo indicado para o marketing político será sobre assuntos que se relacionam com as causas defendidas pelo candidato. O senador Romário, por exemplo, é um político que trabalha com a estratégia de inbound marketing. Para atrair visitantes, a equipe desenvolve conteúdos referentes a assuntos que falam sobre as causas defendidas por ele: esportes, cultura, igualdade social, etc.

Na segunda parte do funil, o foco é trazer o visitante para a base de dados do site. Isso pode ser feito através da assinatura da newsletter do blog, por exemplo. Desta forma, o político se relaciona com o lead mostrando quais as estratégias dele para alcançar o resultado proposto e convencer esse lead a se tornar um eleitor.

Na terceira parte do funil, o candidato trabalha o relacionamento com o lead que já se tornou um eleitor. Para isso, é necessário trabalhar na sua “fidelização”. Mostrar que valeu a pena o seu voto. Conteúdos de projetos realizados, discursos e debates sobre um tema de interesse do eleitor podem ser abordados nesta etapa.

Credibilidade e reconhecimento

O inbound marketing, quando trabalhado de forma séria e com comprometimento, torna-se um forte aliado na construção da credibilidade do político.

Em tempos em que a internet se tornou a voz do povo, ter uma estratégia para se relacionar com ele, criando valor para o seu próprio projeto, é uma excelente forma de trabalhar a imagem do candidato e conquistar a confiança do eleitor. Afinal, voto é conquista, e conquista se consegue através de relacionamento.

Agora que você já sabe como inbound marketing pode auxiliar na sua estratégia de marketing político, que tal contar com uma equipe especializada para tirar as suas dúvidas? Deixe seu comentário e continue acompanhando o nosso blog para receber mais materiais educativos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Converse no WhatsApp