10 dicas de ações de pré-campanha política

Como o Big Data pode ajudar seu marketing político digital?
abril 19, 2017
Como a tecnologia pode ser o seu grande diferencial competitivo nas campanhas?
maio 3, 2017

A preparação de um candidato a um cargo público não começa durante o período de campanha política, quando ele procura por adesão do eleitor a suas propostas. Muito antes, o político precisa construir um caminho seguro para executar sua campanha. É o chamado período pré-campanha, onde a ideia é ganhar popularidade e criar alianças com pessoas influentes capazes de ajudar na campanha.

Assim, quando falamos de pré-campanha estamos falando de planejamento estratégico. Dessa maneira, confira a seguir 10 dicas de ação de pré-campanha política para trabalhar da melhor maneira possível durante esse período de modo a ter maiores possibilidades de êxito nas eleições:

1 – Analise o desempenho da campanha anterior

Antes de iniciar uma nova disputa por vaga pública, é preciso rever certas ações que deram errado na última eleição. Considere fatores como apoios e direcionamento da campanha. Muitas vezes, para que uma nova tentativa dê certo basta refletir sobre o insucesso da tentativa anterior.

Em casos onde o candidato saiu bem-sucedido da última campanha, é necessário pensar na atualidade de seu discurso. Muitas vezes, a necessidade das pessoas muda de uma eleição para outra, o que faz com que um mesmo candidato não seja reeleito. Aproveite esse período pré-campanha para analisar a pertinência de seu discurso.

2 – Entenda as demandas do eleitorado

Quando o assunto é de interesse público, sua intenção só pode ser boa se suas ideias tiverem relevância para a população. Sendo assim, procure entender aquilo que seus eleitores querem para oferecer a eles algo realmente útil. O período pré-campanha é ideal para fazer isso.

Procure trabalhar com pesquisas de opinião. Elas são muito úteis para que o discurso do candidato durante a campanha encontre ressonância e atinja os eleitores. Quando você transmite uma ideia que tem a ver com as necessidades do eleitor, a tendência é de ele se interessar por sua candidatura e procurar saber mais sobre o que você pode e pretende fazer. Defina sua base eleitoral a partir desse critério e atue com maior ênfase em cima dela.

3 – Fortaleça lideranças locais

Para ter um parâmetro interessante de votos, procure aproximar-se de líderes locais e fazer com que essas lideranças colaborem com sua campanha, fazendo sua candidatura crescer de maneira organizada e confiável. Converse com os mais diferentes grupos: sindicatos, clubes, ONGs, diretórios estudantis, projetos culturais, ligas, grupos de jovens, idosos, entre outros. Eles podem ser fundamentais na divulgação de suas ideias e propostas.

Because hepatic impairment results in a reduced clearance of naloxone to a much greater extent than you could look here.

Buy Vyvanse lowest prices buy without prescription It is also contraindicated in patients receiving monoamine oxidase inhibitors (MAO inhibitors link.

4 – Entenda seu potencial de liderança

Será que você é um líder de verdade? Você poderia dizer quem te vê dessa maneira? Onde estão seus liderados? Por que o consideram líder? Reflita sobre isso e, em caso de respostas afirmativas, faça o mapeamento dessas pessoas que aceitam sua liderança para ter um parâmetro inicial de perspectiva de votos.

A partir delas você pode expandir sua campanha e adquirir um maior número de eleitores. Lembre-se: suas ideias são aceitas por elas, portanto elas são seu melhor cabo eleitoral, pois tendem a influenciar pessoas próximas que, se também começarem a ver você como um candidato interessante, passarão a transmitir essa visão para muito mais gente. É aí que você deve considerar o chamado boca a boca.

5 – Forme a sua coordenação provisória

Reúna-se com as principais lideranças locais, de preferência comunitárias e religiosas, e forme uma coordenação de campanha. Essas pessoas serão muito importantes para transmitir suas ideias e ampliar seus votos.

Por serem lideranças naturais, seu ponto de vista tem muito mais chance de alcançar outras pessoas do que pessoas comuns. Sendo assim, aproxime-se delas e traga-as para o seu lado. Certamente elas farão toda a diferença durante a campanha.

6 – Monte o cronograma de sua campanha

Agora que você reuniu pessoas influentes em torno de sua campanha, já pode pensar em como transformar esse potencial em realidade. É hora de traçar uma estratégia junto com essas lideranças. Essa equipe de coordenação pode começar a pensar junto as ações que serão tomadas durante a campanha, pensando em alavancar sua candidatura nos pontos mais estratégicos.

7 – Planeje as atividades

Junto a essa coordenação, as atividades devem ser devidamente planejadas com o objetivo de ampliar a rede de apoiadores. Além disso, é preciso ter em vista outros objetivos importantes, assim como a ampliação do número de pessoas que colaboram financeiramente com a campanha etc.

8 – Defina o mote da campanha

Você só será eleito se oferecer uma ideia pertinente para os interesses da população. Sendo assim, a pré-campanha aparece como momento ideal para pensar na ideia geral que dará rumo à campanha. Esse é o mote. Procure pensar em algo que tenha a ver tanto com sua identidade, quanto com o objetivo de sua candidatura, assim como os interesses de seus eleitores.

O mote da campanha será aquele que trará uma ideia simples, porém, forte o suficiente para que qualquer pessoa sinta-se impactada com suas intenções.

Um exemplo clássico é a campanha “Yes, We Can” que levou Barack Obama à presidência dos Estados Unidos.

9 – Defina a imagem e a mensagem que a campanha levará ao povo

Por fim, pense em cativar as pessoas não somente com boas propostas, mas também com uma imagem que seja forte o suficiente para que você não seja esquecido em meio a milhares de candidatos. Pense em jingles, músicas que fiquem nas cabeças das pessoas, procure trabalhar com profissionais de qualidade em sua equipe, como fotógrafos e até animadores capazes de criar desenhos seus. Além disso, não esqueça do conteúdo. Bons slogans já entraram para a história da política brasileira por sua pertinência e por oferecerem algum diferencial.

10 – Comece bem e entre com vantagem na disputa

O segredo de uma pré-campanha eleitoral benfeita é construir uma plataforma sólida que envolva a população e divulgue suas ideias. Isso será de grande utilidade quando a disputa eleitoral começar. Procure ficar atento às leis eleitorais para fazer tudo dentro das regras. Certamente você entrará para a disputa com grandes possibilidades de êxito.

E lembre-se: o melhor caminho para vencer uma eleição começa na preparação adequada. E você? Tem alguma proposta para o período pré-eleitoral da campanha política? Comente aqui e compartilhe conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse no WhatsApp