Saiba por que produzir conteúdo é uma boa estratégia de marketing político!

Qual a diferença entre Marketing Político e Marketing Eleitoral?
agosto 28, 2015
Como investir em campanhas de marketing político para dispositivos móveis
setembro 14, 2015

O que é uma boa estratégia de marketing político em uma sociedade que está mais do que nunca bem informada, com acesso quase instantâneo a todo tipo de notícia e informação? Conteúdo de qualidade, é claro! Quanto mais informado um eleitor é, mais senso crítico ele tem, mais ideias, melhores posicionamentos, escolhas mais conscientes e engajamento com quem realmente pode — e vai — fazer alguma coisa durante o mandato.

Se você ainda tem dúvidas se o marketing de conteúdo é uma boa estratégia de marketing político, chegou a hora de acabar com elas! Saiba agora por que produzir conteúdo pode fazer toda a diferença na sua carreira política!

Relacionamento sempre é uma boa estratégia de marketing político

Seja você candidato novato ou político de carreira, sabe muito bem que relacionamento é tudo quando se trata de conquistar a simpatia do eleitor e vencer uma eleição. Muitos candidatos são eleitos apenas no boca a boca, andando por seus bairros, conversando com as pessoas, trocando ideias e percepções.

Mas em tempos de internet, redes sociais, acesso fácil a qualquer tipo de informação, você precisa criar um relacionamento online com seus eleitores e uma das melhores formas de fazer isso é usando o marketing de conteúdo.

Compartilhando conteúdo útil e relevante com seus eleitores, você chama a atenção para questões importantes, envolve as pessoas em debates que podem trazer insights importantes para a campanha eleitoral ou até mesmo para os projetos que você apresenta. Sem falar na proximidade que você cria com o eleitor-leitor, o que ajuda a conhecê-lo ainda melhor e a aperfeiçoar sua estratégia de marketing político.

Eleitor consciente faz a diferença nas urnas

Sempre que chega época de eleição é gigantesco o número de eleitores que não sabem como tirar o título de eleitor; como usar a urna eletrônica; quais são os papéis e responsabilidades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; para que serve um vereador ou um deputado; e por aí afora.

Se você aproveitar essa deficiência na formação escolar dos eleitores e tirar todas as dúvidas em relação ao processo eleitoral, ao período de mandato, como funcionam as leis brasileiras, estará conquistando a confiança de milhares de pessoas que se lembrarão do seu nome no momento de votarem. Além disso, contribuirá para conscientizar a população sobre a importância do voto e da escolha de um bom candidato, criando uma cultura política na população.

Propaganda eleitoral também é conteúdo de primeira

A propaganda eleitoral transmitida na televisão perde cada vez mais força frente à internet e aos recursos que as mídias digitais trazem para prender a atenção das pessoas. O que fazer então? Adaptar a propaganda eleitoral para os diversos canais de interação com o público online, respeitando as características de cada um, visando alcançar o maior número de eleitores.

Difícil de visualizar? Então imagine que você gravou uma propaganda eleitoral falando sobre sua trajetória como líder estudantil, mostrando suas conquistas e culminando com suas propostas de campanha. Seu público-alvo é o público jovem, engajado com causas sociais, comprometido com a transformação do país.

Que tal transformar essa propaganda em um dashboard com fotos da sua trajetória no Pinterest? Ou ainda criar um quadrinho ilustrando essa propaganda e compartilhar no Instagram, utilizando diversos tipos de filtros? Quem sabe colocar suas conquistas em um infográfico e compartilhá-lo no Facebook, usando uma landing page para captação de leads?

Sem falar, é claro, de inserir o vídeo da propaganda no YouTube e no Vimeo; de compartilhar o vídeo no Facebook e no Twitter; de disponibilizar um podcast no seu blog; e muitas outras formas de atingir um público amplo e altamente conectado.

Pensou que perdemos o foco? Não mesmo! Marketing de conteúdo não é apenas produzir textos, é criar os mais variados tipos de conteúdo, aliando todos os recursos tecnológicos disponíveis para atrair a atenção dos eleitores e fazer com que eles interajam com você.

Os bastidores são tão importantes quanto o espetáculo

Quando o eleitor fica realmente interessado em um candidato, acompanha seus passos para analisar a conduta e decidir se realmente vale a pena votar. Por isso é importante que você faça uma cobertura completa da campanha, mostrando tanto a campanha quanto os bastidores dela, para dar credibilidade ao que você diz e faz.

Essa cobertura pode muito bem ser feita e divulgada com conteúdo de qualidade, como blog posts, fotos, vídeos, whitepapers, podcasts e outros formatos de mídia, despertando o interesse dos eleitores e estimulando o compartilhamento desses conteúdos nas redes sociais. Aproveite os apoiadores da campanha para gravar um vídeo com depoimentos, afinal, recomendações sempre são bem-vindas e despertam a simpatia dos eleitores.

Quanto maior o alcance da sua estratégia de marketing político, mais visibilidade para você e sua campanha, assim como mais eleitores dispostos a ver, ouvir e ler o que você tem a dizer.

E por falar em eleitores dispostos…

Poucos são os eleitores dispostos a acompanhar tanto a campanha quanto o mandato de um político. Muitos o fazem apenas para criticar, mas uma pequena parcela realmente acredita no potencial do político e o apoia incondicionalmente.

Isso se chama engajamento e é uma das coisas mais difíceis de se conquistar apenas com propaganda eleitoral em horários marcados. É preciso ir além, estabelecer elos emocionais com os eleitores, despertar confiança, credibilidade, empatia. Coisas que, coincidentemente ou não, você conquista produzindo conteúdo de qualidade e compartilhando seu conhecimento com os eleitores.

Impulsionar a imagem do político, estabelecer uma presença online forte, desenvolver relacionamento com a sociedade, despertar o interesse, envolver, engajar e fidelizar eleitores, são apenas alguns dos benefícios que você vai perceber ao investir na produção de conteúdo como estratégia de marketing político.

Quanto mais madura for sua estratégia de marketing de conteúdo, mais afinada ela estará com as necessidades dos eleitores, portanto, não deixe para começar somente em época de campanha. Invista nessa estratégia de marketing político já e comece a colher os frutos muito antes que a concorrência perceba.

Você já havia pensado na produção de conteúdo como estratégia de marketing político? Que outros benefícios você pode mencionar ao adotar essa estratégia? Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse no WhatsApp